sábado, janeiro 16, 2016

BANCA DIGITAL #5



O HQ Point tem a honra de disponibilizar mais uma edição do BANCA DIGITAL.



Na minha concepção, trata-se de uma das melhores edições já lançadas por nós, trazendo material digitalizado da nossa coleção e álbuns traduzidos por nossa equipe.



A ideia é apresentar discos com material “exclusivo”, trabalhados por nossa equipe. Revistas em outros idiomas serão disponibilizados no blog (e após terem seus links “desativados” não serão mais reupados).



Frisamos mais uma vez que o material apresentado no BANCA DIGITAL não é disponibilizado no HQ Point através de links, sendo sua distribuição feita através de discos. Para adquirir tais discos, os interessados devem entrar em contato conosco através do nosso e-mail: hqpoint@gmail.com



Esses discos, contendo os arquivos dos títulos aqui apresentados, serão despachados através dos Correios. O solicitante pagará as despesas de produção e envio. É importante ressaltar que não visamos lucros e NÃO ESTAMOS VENDENDO QUADRINHOS. Trata-se de um compartilhamento amigável, sem depender de servidores para armazenamento de arquivos, contando com a ajuda e colaboração de várias pessoas.



Quero deixar claro também que, aquelas pessoas que por acaso também sejam administradoras de algum blog e que queiram disponibilizar esse material por lá, sintam-se à vontade. Temos a obrigação e o dever de levar o maior número de histórias em quadrinhos aos colecionadores. Precisamos preservar todo esse acervo. Toda e qualquer forma de divulgação e compartilhamento é válida.

O CONTEÚDO DO DISCO:





REVISTA MAD
Editora Record
Edições 20 e 64


DAMPYR #30
“Las Vegas”
Roteiro de Boselli – Desenhos de Genzianella
Tradução e letras de PC Castilho
Bonelli Comics

Dando continuidade a um título que chegou a ser publicado no Brasil pela Mythos Editora, temos a honra de trazer mais uma edição deste maravilhoso e pouco divulgado personagem que é DAMPYR.

Em Las Vegas ele terá que descobrir quem quer prejudicar o turismo e aos gangsters que comandam a cidade e por que em Nova York e outros lugares aparecem cadáveres com a barriga perfurada por punhaladas.



EL DIABLO
(Vertigo)
Ópera Graphica
Brian Azzarello e Danijel Zezelj

“Todas as balas de El Diablo”

Acompanhe a trajetória do xerife Moses Stone por cidades desertas e territórios hostis. Tente descobrir o segredo que ele guarda em seu passado sombrio. Afinal, que efeito a revelação de tal segredo terá sobre todos a sua volta? Um marco dos quadrinhos modernos! Um faroeste diferente do habitual! Enquanto a série “100 Balas” não era aprovada por Axel Alonso, editor da linha Vertigo, o roteirista Brian Azzarello escrevia “El Diablo”, a sensacional história desta edição.  Um antigo personagem da DC Comics, devidamente reformulado para atender os anseios de uma nova geração de leitores. Sem deixar, claro, de agradar os antigos colecionadores...


ZERO ETERNO
Volume 1
JBC
Naoki Hyakuta e Souichi Sumoto
Mini-série e 5 edições

Kentaro Sacki, um jovem de 26 anos, sente que sua vida está estagnada: há alguns anos reprovado no Exame Nacional de Advocacia, o rapaz sente falta de algo que o faça ter motivação e fazer o “motor” da sua vida funcionar. Até que, um dia, sua irmã o contrata para uma importante pesquisa: descobrir quem foi Kyuzo Miyabe, seu verdadeiro avô, homem que batalhou nos céus da Guerra do Pacífico de 60 anos atrás, pilotando um caça Mitsubishi A6M Zero, e morreu em missão pelo Tokkotai, a esquadra de pilotos suicidas muito atuante durante a Segunda Guerra Mundial. A partir disso, Kentaro vê a sua vida finalmente tomar um rumo ao descobrir mais sobre os valores e o modo de pensar de quem sobreviveu a esse passado não tão distante e confrontá-los com o presente que não parece escondê-lo.




DYLAN DOG
Em cores
Diagramação de Luizzin
“Diabolô, o Grande”, história de Sclavi e desenhos de Luca Dell’Uomo
”A Beleza do Demônio”, história de Sclavi e desenhos de Gustavo Trigo

http://wwwgibisdoluizzin.blogspot.com.br/



LOBO SOLITÁRIO 12
Panini Comics
Kazuo Koike e Goseki Kojima
Revista doada pelo amigo Manuel Pires dos Santos

Este volume parece ser especialmente dedicado à figura feminina. Mulheres que, com seus encantos, controlam feudos inteiros, mulheres cuja lascívia garante o pão de todo dia... Às vezes vítimas, às vezes megeras, mas sempre trágicas figuras debatendo-se contra o mundo.

As mulheres foram proibidas de participar das apresentações teatrais em 1629 pelo próprio xogum, devido a incidentes envolvendo atrizes de Kabuki, que na época também se prostituíam, e guerreiros do governo. Sob a desculpa de moralizar o entretenimento, a intenção do governo era tornar as apresentações populares menos atraentes aos samurais, que não deveriam misturar-se com outras classes.
Neste volume, também vale destacar a representação da passagem do tempo revelada não só pela volta do inverno, como pelo amadurecimento do pequeno Daigoro, que passa a participar ativamente das estratégias do pai...



JÚLIA #112
AVENTURAS DE UMA CRIMINÓLOGA
“Abraço Mortal”
Mythos Editora

A senhora Sherleene é agredida e esfaqueada em sua própria floricultura. Mas em seu relato para a polícia, a mulher parece não querer se abrir. Júlia está convencida de que só investigando o passado de Sherleene pode-se descobrir a chave do mistério.



JÚLIA #113
AVENTURAS DE UMA CRIMINÓLOGA
“Profissão Perigo”
Mythos Editora

Debbie tem muitos projetos para o futuro, mas escolheu o caminho errado para realizá-los, porque nesse – universidade de dia e prostituição à noite – encontrou seu assassino. Para descobrir o culpado pelo homicídio, Júlia correrá o risco de acabar nas mãos do assassino.



LANCASTER
Volume 2
Portões do Ártico
Tradução de Ane Forcato e Letras de PC Castilho



MÁGICO VENTO #49
“O Regulador”
Manfredi e Barbati
Mythos Editora

Shooter tem um verdadeiro talento para caçar e eliminar ladrões de cavalo. Já Kyle tem o vício de atrair a hostilidade das pessoas. E Mary sonha com seu herói... quem enforcará quem?





TEX
Nº 549 - A Estirpe do Mal
Nº 550 - A Mansão Demoníaca







TEX #551, 552 e 553
“Lua Encarnada”
Mythos Editora
Boselli e Mastantuono

Logo após a guerra civil um drama se desenrolou no rancho Black Moon. Ao ser repreendido pelo dono do rancho, o índio Chavez, que trabalhava como vaqueiro, seqüestra Ada Stark, a bela filha do proprietário, e mata o rancheiro. Na época, a perseguição foi feita por um pequeno grupo do qual fazem parte o capataz Rick Simmons, alguns vaqueiros e dois rangers: Gus Bailey e o jovem Tex Willer.





O AMALDIÇOADO
Volumes 1 e 2
Antes do Dilúvio
Jason Aaron, R. M. Guéra e Giulia Brusco
Tradução de Midori e letras de PC Castilho
Um projeto realizado por Guardiões do Globo e HQ Point

O escritor Jason Aaron e o artista RM Guera, os criadores da série crime escalpo, se reunem para uma nova série regular bíblica, austera e brutal, que começa com uma edição especial de 30 páginas de história.
"E a terra estava cheia de violência." Gênesis 6:11.
1.655 anos depois do Eden, e a vida na Terra já foi para o inferno.
O mundo do homem é um lugar de crueldade desenfreada e maldade.
Monstros pré-históricos e saqueadores da idade da pedra vagam pela terra.
Assassinato e destruição são a regra do dia.
A humanidade é uma experiência fracassada.
Esta é a vida antes do Dilúvio.
A história do homem à beira de seu primeiro apocalipse.
Bem-vindo ao mundo de O amaldiçoado.










ALMANAQUE DE TERROR
Edições 1, 2, 3, 4 e 5
Editora Vecchi

Almanaque de Terror foi uma publicação da Editora Vecchi, cujo objetivo era, ao mesmo tempo dinamizar suas publicações de terror e também tornar mais barata a sua aquisição, já que ALMANAQUE DE TERROR englobava, numa só publicação, o que havia de melhor em SPEKTRO, PESADELO e SOBRENATURAL, que haviam deixado de circular.

Apresentava os mais dotados desenhistas e roteiristas de textos de terror nacional. Tanto é que na primeira edição já apresentava histórias de Júlio Shimamoto, Cesar Lobo, Mano, Olendino, Antonio Ribeiro, Pamé, Eduardo e Valter Vetillo, Itamar, Saborine, Al, Murilo, Paulo Antonio, Valfis, J. Batalha, Mello, Luscar, Veneza, Gilberto Passos e Carlos Chagas, que representam sem dúvida alguma, a nata dos melhores desenhistas/roteiristas do quadrinho brasileiro.

Com o fim das revistas Spektro, Pesadelo e Sobrenatural, e sem Otacilio Barros, a Vecchi, quase falida, criou o ALMANAQUE DE TERROR, que teve apenas cinco números e desapareceu com a editora.

Conseguimos cinco exemplares dessa coleção na COMIC CON EXPERIENCE 2015, e pretendemos disponibilizar todas por aqui, em versão digital. As revistas estavam muito bem conservadas e ao serem digitalizadas acabam sofrendo alguns danos em sua encadernação, mas isto é um sacrifício que fazemos para poder compartilhar com os amigos tais publicações.

Não apoio colecionadores que guardam só pra si edições raras como as que foram publicadas pela Vecchi ou por outras editoras. Precisamos divulgar e preservar esse valoroso acervo histórico. É por isso que não pensamos duas vezes em “danificar” os exemplares que conseguimos em nome do COMPARTILHAMENTO com os amigos.



LEVIS
“Corpo Perdido – Memórias de uma sedutora”
Michel Denni e Philippe Mellot
L&PM Editores
Material Adulto
Revista doada pelo amigo Augusto Castro, Brasília (DF)



WONDERBALL
Volume 1
“O Caçador”
De Duval & Pécau e Wilson
Tradução Ane Forcato e Letras de PC Castilho



REDENÇÃO
Tradução e letras de PC Castilho

Cercado pelos homens do marshall Masterson, o foragido Buck Carter
abandona sua família, deixando-a à mercê de seus cruéis perseguidores. Cinco
anos depois, descobre que seu filho seguiu o  exemplo paterno e, buscando diminuir
seus sentimentos de culpa, fará o possível para se redimir.
Hermann, referência dos quadrinhos belgas, responsável por obras como
Jeremiah e Comanche, volta a colaborar com Yves H. (Estacion 16) em REDENÇÃO:
um western produzido na tradição dos grandes clássicos do gênero.



COMBATE INGLÓRIO
Gal Editora

A mais famosa série em quadrinhos sobre a guerra!
Estas são as histórias que o governo norte-americano não queria que fossem lidas!
Lançadas no auge da guerra do Vietnã, a revista Blazing Combat tornou-se o centro de uma grande polêmica. Com roteiro do genial Archie Goodwin, a publicação foi acusada de antiamericana e subversiva.
O motivo? Apesar de suas elogiadas histórias exaltarem o heroísmo dos soldados em combate, Blazing Combat era uma revista sobre Guerra que ia na contramão da época ao mostrar o quão absurdos eram os conflitos armados através dos tempos. Não resistindo à pressão e aos ataques de inimigos poderosos, seu editor foi obrigado a cancelá-la após quatro números.



LAMPIÃO...
Era o cavalo do tempo atrás da besta da vida
Editora Hedra
Klévisson

O álbum LAMPIÃO, vencedor do prêmio HQMix de melhor graphic novel nacional de 1998, criada pelo quadrinista cearense Klévisson, vem provar que, na era da computação gráfica, expressividade e originalidade ainda fazem a diferença. Sendo uma das mais surpreendentes publicações dos últimos tempos, LAMPIÃO impressiona pela pesquisa histórica e fidelidade cultural. Com domínio técnico e criatividade, ele fez ainda mais: possivelmente um marco nos quadrinhos brasileiros.


A EXPEDIÇÃO
Volume 2
A Rebelião de Niangara
Tradução e letras: PC Castilho

Pouco depois da conquista do Egito, nas margens do Nilo, um centurião romano descobre uma embarcação à deriva. A bordo, as promessas de uma civilização rica e poderosa, desconhecida por Roma.

Sob as ordens de Marcus Livius, uma fabulosa expedição composta por dez legionários penetra no coração da África negra em busca de um império misterioso...



BD JORNAL #10
Jornal da banda desenhada
(Portugal)
Exemplar doado pelo amigo Starman


DIA-D
Volume 15
A Seita de Nazaré
Tradução e letras: PC Castilho

O ano era 79, o primeiro ano do reinado do imperador Tito. O prefeito romano Claudius Lepidus Flavius regressa a Roma depois de dedicar muitos anos investigando uma seita ignorada por todos. A do Peixe. Seu chefe, um tal Jesus Nazareno, tentou inflamar a Judéia e agora todo o Império Romano. Claudius encontra um amigo legionário e revela a ele suas preocupações. Os componentes da seita do Peixe não desapareceram após a destruição de Jerusalém, se esconderam, e pouco a pouco, nas sombras, começam sua vingança. Agora estão prontos. Seu plano? Nada menos que incendiar Roma e a destruição do Império. É preciso reagir antes que seja tarde demais.


O ALIENISTA
Machado de Assis
Editora Ática
Adaptação de Luiz Antonio Aguiar e Cesar Lobo

Um médico chamado Simão Bacamarte resolve entender – e curar – a loucura. Para isso, constrói em Itaguaí um hospício, que logo fica abarrotado de doidos, ou supostos malucos. Só que ele não prevê no que está se metendo: a cidade é revirada pelo avesso, a população apavorada se agita, as autoridades locais não se entendem, e até uma revolta, com batalha violenta em praça pública, acontece. O alienista ganha aqui uma criativa e espetacular versão em quadrinhos, em cores e com muita ação. Nesta adaptação, o humor, o drama, a ironia e os enigmas desse grande clássico de Machado de Assis alcançam uma dimensão inédita.





O’BOYS
Volumes 1 e 2
O Sangue do Mississippi e Dois gatos alegres sobre um trem ardente
Tradução e letras: PC Castilho

No dia em que Snake desapareceu rio abaixo, o jovem Finn decidiu que teria que escapar de sua vida miserável. Em pouco mais de cem páginas, Colman, Cuzor e Thibault fazem uma intensa homenagem a alguns dos mitos fundamentais da cultura do Sul dos Estados Unidos.

A lenda de Robert Johnson, que vendeu sua alma ao diabo para se tornar um dos mais famosos bluesmen do delta do Mississippi, nas aventuras de Huckleberry Finn, em companhia do negro Jim ou, finalmente, nas épicas histórias dos vagabundos em trens, descritas em seus livros por Jack London.

Tudo isso está presente em O’BOYS, narrado de uma maneira espetacular e com desenhos magistrais.



MALUQUINHO POR FESTAS
As melhores baladas dos quadrinhos do Menino Maluquinho
Editora Globo

Quando eu tinha a idade do Menino Maluquinho, passei por uma provação. Era meu aniversário. Mamãe preparou a maior festa e chamamos todos os meus amiguinhos. À hora marcada, eu estava arrumado e pronto para bancar o grande anfitrião. Mas ninguém chegou. É natural, algumas pessoas se atrasam, eu pensei. Porém, passou uma hora e nada de aparecer um convidado. Passou outra hora e nem os amigos mais chegados pintaram. Dá pra imaginar a minha angústia? Estava me sentindo o menino mais rejeitado da terra!

Não tinha percebido, mas a chuva forte que calhou de cair bem na hora da minha festa é que estava segurando todo mundo em casa. Quando o tempo secou, todos os convidados chegaram, praticamente juntos. Passei, em instantes, da agonia para o êxtase. Descobri que a gente pode, sim, acreditar nas pessoas.

E como é bom reunir a turma! Nós gostamos tanto de festas que, volta e meia, escrevemos histórias em quadrinhos que acontecem em aniversários e eventos em geral (para usar uma palavra da moda). Selecionamos as melhores que saíram nas revistas O Menino Maluquinho e Julieta, a Menina Maluquinha. Elas estão aqui para você ler com o mesmo prazer de quem encontra uma mesa farta ou uma pista de dança animada.








GIBI SEMANAL
Edições 10, 11 e 12
Rio Gráfica e Editora
Revistas doadas pelo amigo Sabino (Blog Fantasma Brasil)
E já vou deixando avisado por aqui: na próxima edição do BANCA DIGITAL teremos uma boa quantidade de GIBI SEMANAL, inclusive um ALMANAQUE!!!!

http://fantasmabrasil.blogspot.com.br/


VENENO DE DEUS
Alexandre Grincenkov e Mozart Couto

A história desta série começou numa quente tarde de verão de 2003. Havia lido a respeito de um processo seletivo de HQs que uma grande editora norte-americana tinha aberto, e fiquei interessado imediatamente. As bases do concurso eram bem atraentes, e o vencedor seria contratado pela empresa, com sua série de gibis virando um título mensal, além de receber um salário fixo excelente e um percentual sobre as vendas do título. Bastante animado, comecei a trabalhar sem demora, na busca por uma idéia interessante e que fugisse ao lugar comum. Desejava fazer uma obra inovadora, longe do convencional, e capaz de atingir um público grande.

Estava decidido: queria fazer uma série que envolvesse misticismo e suspense. Todavia, faltava algo mais, o toque final para ser o diferencial para a obra. Não queria que meu personagem fosse um patife inescrupuloso como John Constantine (genial criação do brilhante Alan Moore), e nem um homem de bem como Jason Blood (protagonista de “The Demon”); procurava uma junção dos aspectos mais interessantes de ambos, com um adicional que nem eu sabia qual era, o tal ingrediente mágico que dá um tempero especial ás grandes obras.



HERMANN
A paixão de Narrar
por Norman Fernandez
Dolmen Editoria
Tradução e diagramação PC Castilho

A biografia de Hermann Huppen e uma geral sobre seus principais personagens, entre eles Bernard Prince, Comanche, Jeremiah e As Torres de Bois-Maury.

Esta edição servirá de base, um ponto de partida para os próximos álbuns do autor que pretendemos lançar aqui no BANCA DIGITAL a partir da próxima edição.


LIBERDADE AINDA QUE TARDE
Eduardo Vetillo
Cortez Editora

Um sonho de liberdade na época do Brasil colonial. Como livrar o país do domínio português? Quem poderia participar de uma conjuração? Em quem confiar? Imbuídos desse ideal, um grupo de homens ousados e cheios de esperança se organizou, em Vila Rica, Minas Gerais, para tornar o Brasil independente de Portugal.






CALAFRIO
Edições 58, 59 e 60
Editora D-Arte
Revistas doadas pelo amigo Augusto Castro, de Brasília
 





6 comentários:

  1. ja estava me perguntando quando sairia o proximo.
    valew.

    ResponderExcluir
  2. Olá Paulo,
    Esta quinta edição está fantástica, a cada edição você está se superando.
    Parabéns.
    Sabino

    ResponderExcluir
  3. Adorei a série DIA-D, espero que apareçam mais volumes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No BANCA DIGITAL #6 teremos mais duas edições, Nano.

      Excluir
  4. Quanta coisa boa! Já pode ir reservando o meu DVD! Sds...L

    ResponderExcluir